domingo, 8 de janeiro de 2012

A NONA ... DE LUDWIG VAN BEETHOVEN










A NONA
DE
LUDWIG VAN BEETHOVEN

“A música é o clima de minha alma”
*Beethoven*




Quando Beethoven compôs a 9ª Sinfonia , sua mais longa composição, com aproximadamente 69 minutos, já estava completamente surdo. Sua 1ª apresentação foi em 07.05.1824 e Beethoven, incapacitado de dirigir a orquestra por causa de sua surdez total, cedeu seu lugar ao Maestro Mickael Umlauf.


Beethoven foi muito aplaudido durante o espetáculo mas nem se deu conta pois sentou-se no palco de costas para a platéia. Foi uma cantora solista que no final o fez virar-se para o público para ver e sentir a emoção, o sucesso, a aceitação total, os aplausos ovacionados que recebia daqueles que assistiam naquele momento a apresentação daquela que se tornaria mais de um século depois, “Patrimônio do Mundo”!!! E essa grande apresentação foi a ultima vez que Beethoven pisou nos palcos.


Em 05.05.1972 a 9ª entrou oficialmente nos registro da “Memória do Mundo”, programa da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura) que protege alguns patrimônios mundiais, por ser uma obra que além de seus méritos musicais se consagrou como um hino universal de fraternidade. Dentro da 9ª, encontramos um trecho de “Ode à Alegria”, do alemão Friederich Schiller, poema que canta a fraternidade e a liberdade . Beethoven levou cerca de 30 anos para conseguir colocar versos desse poema em sua obra musical e isso fez com que pela primeira vez se ouvissem vozes em uma apresentação orquestrada e é por essa razão que a Nona de Beethoven também é conhecida por Sinfonia Coral.
Com essa obra divina Beethoven se consagrou não só na Áustria como em toda Europa como um dos MAIORES COMPOSITORES DE TODOS OS TEMPOS.


Minha profunda admiração, meu amor e gratidão pelos momentos sublimes que passo quando estou ao lado de “Beethoven-O Magnifico”

By Rose Colaneri


“Texto baseado em livros de biografia de Beethoven”



***



E como eu amo as obras de Beethoven, começo 2012 no blog, com Beethoven o Magnífico...
Sua Nona Sinfonia – Momentos de êxtase sublime, paz espiritual, amor de alma!!!
E sua Ode à Alegria – Um canto à liberdade e à fraternidade :



“Quem quer que tenha criado
Uma amizade duradoura
ou tenha ganho
Uma esposa amante e fiel
Todos que possam chamar sua,
Pelo menos uma alma
Unam-se a nossa canção de louvor! “



***



Letra Song of joy – fonte: site terra.com






Ode À Alegria
Oh amigos, mudemos de tom!
Entoemos algo mais prazeroso
E mais alegre!

Alegre, formosa centelha divina,
Filha do Elíseo,
Ébrios de fogo entramos
Em teu santuário celeste!
Tua magia volta a unir
O que o costume rigorosamente dividiu.
Todos os homens se irmanam 2X
Ali onde teu doce vôo se detém.

Quem já conseguiu o maior tesouro
De ser o amigo de um amigo,
Quem já conquistou uma mulher amável
Rejubile-se conosco!
Sim, mesmo se alguém conquistar apenas uma alma,
Uma única em todo o mundo.
Mas aquele que falhou nisso 2X
Que fique chorando sozinho!


Alegria bebem todos os seres
No seio da Natureza:
Todos os bons, todos os maus,
Seguem seu rastro de rosas.
Ela nos deu beijos e vinho e
Um amigo leal até a morte;
Deu força para a vida aos mais humildes 2x
E ao querubim que se ergue diante de Deus!

Alegremente, como seus sóis corram
Através do esplêndido espaço celeste
Se expressem, irmãos, em seus caminhos,
Alegremente como o herói diante da vitória.

Alegre, formosa centelha divina,
Filha do Elíseo,
Ébrios de fogo entramos
Em teu santuário celeste!
Abracem-se milhões!
Enviem este beijo para todo o mundo!
Irmãos, além do céu estrelado
Mora um Pai Amado.
Milhões se deprimem diante Dele?
Mundo, você percebe seu Criador?
Procure-o mais acima do céu estrelado!
Sobre as estrelas onde Ele mora.