segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Cartas à Amada Imortal - Beethoven






Tenho grande “amor”, uma admiração imensa mesmo por Beethoven, e sua obra magnífica é um grande bálsamo em minha vida. Não me canso de ouvir, de me encantar, de ler sobre sua vida e obras...
E como todo ser humano, Beethoven também teve seus segredos, seus amores não correspondidos, suas musas inspiradoras, seus momentos de dor, de raiva, e de muito amor...após sua morte uma lacuna em sua vida foi descoberta...um grande amor que ninguém até hoje sabe dizer com certeza quem foi...alguns dizem que seria uma mulher que não deu chances ao compositor...foram encontradas cartas apaixonadas que ele escreveu à uma mulher que não citou nome e que o mundo denomina hoje de “AMADA IMORTAL”...

Somente um homem com muito AMOR dentro de si, poderia ter deixado como legado, uma obra da imensa magnitude como é a obra de Beethoven... quem hoje pode dizer que tem esse AMOR ???AMOR INTENSO...Poucos...raros são os que se entregam aos sentimentos intensos...profundos e verdadeiros...

Cartas de Amor... em extinção no mundo atual...

O mistério amoroso do grande Beethoven:

Manhã de 6 de julho

Meu anjo, meu tudo, meu eu... Por que esta profunda tristeza quando é a necessidade quem fala? Pode consistir nosso amor em outra coisa que em sacrifícios, em exigências de tudo e nada? Esqueceu de que você não é inteiramente minha e de que eu não sou inteiramente seu? Oh, Deus!

Contempla a maravilhosa natureza e tranquiliza seu ânimo na certeza do inevitável. O amor exige tudo e com pleno direito: eu para com você e você para comigo. No entanto, duvida tão facilmente que eu tenho que viver para mim e para você. Se estivéssemos completamente unidos, nem você nem eu estaríamos nos sentindo tão desolados. Minha viagem foi horrível...

Alegre-se, você é o meu mais fiel e único tesouro, meu tudo como eu para você. No mais, que aconteça o que tenha que acontecer e deva acontecer; os deuses saberão o que fazer...

Tarde de segunda-feira. Você sofre. Ah! onde estou, também ali está você comigo. Tudo farei para que possamos viver um ao lado do outro. Que vida!!! Assim!!! Sem você... perseguido pela bondade de algumas pessoas, que não quero receber porque não as mereço. Me dói a humildade do homem diante do homem. E quando me acho em sintonia com o Universo, o que sou e quem é aquele a quem chamam o Todo Poderoso? E sem dúvida... aí então aparece de novo o divino do homem. Choro ao pensar que provavelmente não receberá minha primeira carta antes de sábado. Tanto como você me ama, muito mais a amo!... Boa noite! Devo ir dormir. Oh, Deus! Tão perto! Tão longe! Não é nosso amor uma verdadeira morada do céu? E tão sólido como as muralhas do céu?!

7 de julho

Bom dia! Todavia, na cama se multiplicam meus pensamentos em você, minha amada imortal; tão alegres como tristes, esperando ver se o destino quer ouvir-nos. Viver sozinho me é possível, ou inteiramente com você, ou completamente sem você. Quero ir bem longe até que possa voar para os seus braços e sentir-me num lugar que seja só nosso, podendo enviar minha alma ao reino dos espíritos envolta em você. Você concordará comigo, tanto mais conhecendo minha fidelidade, e que nunca nenhuma outra possuirá meu coração; nunca, nunca...

Oh, Deus! Por que viver separados, quando se ama assim? Minha vida, o mesmo aqui que em Viena: sentindo-me só, angustiado. Você, amor, me tem feito ao mesmo tempo o ser mais feliz e o mais infeliz. Há muito tempo de que preciso de uma certeza em minha vida. Não seria uma definição quanto ao nosso relacionamento? Anjo, acabo de saber que o correio sai todos os dias. E isso me faz pensar que você receberá a carta em seguida.

Fique tranquila. Contemplando com confiança nossa vida alcançaremos nosso objetivo de vivermos juntos. Fique tranquila, queira-me. Hoje e sempre, quanta ansiedade e quantas lágrimas pensando em você, em você, em você, minha vida, meu tudo! Adeus, queira-me sempre! Não duvide jamais do fiel coração de seu enamorado Ludwig. Eternamente seu, eternamente minha, eternamente nossos.

— A Amada Imortal será sempre um mistério. Certos biógrafos afirmam que desconhecem, e até sugerem que, talvez a bem-amada de Beethoven, é alguém cujo nome ninguém nunca soube...

Tradução : Arnaldo Poesia

Há um lindo vídeo só visto no youtube:

http://youtu.be/zbF6vtFkL6M


sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Kairós - As batidas do coração - Rubem Alves





O tempo se mede com batidas.
Pode ser medido com batidas de um relógio (chronos)
ou pode ser medido com as batidas do coração (kairós).
Ao coração falta a precisão dos cronômetros.
Sua batidas dançam ao ritmo da vida - e da morte...
Nossa civilização tem palavras para dizer
o tempo dos relógios: a ciência,
mas perdeu as palavras para dizer
o tempo do coração.
Coração não entende chronos.
Coração entende vida.
Kairós mede a vida pelas pulsações do amor.
Chronos me diz que eu nada possuo.
Nem mesmo meu corpo.
O relógio é o tempo do dever,
corpo engaiolado.
Kairós vem em meu socorro,
para espantar a tristeza.
Diz-me que o tempo é uma criança.
Convida-me a brincar com chronos.
Cada momento de brinquedo
é uma eternidade completa.
A vida tem que ser uma namorada.
O amor vale pelo momento.

*Rubem Alves*

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A INVEJA - Rubem Alves

Arte surrealista de Mihai Criste


Certamente vc conhece alguém assim,
pois o mundo esta repleto de seres doentes na alma querendo ser aquilo que nunca poderão ser, então...INVEJAM !
Mas nunca chegarão a ser como o ser invejado e isso por si soh já basta!

"Não inveje..faça melhor!"
Rose

Ahhhhhhhhhhhhhhhhh, 


A   I.N.V.E.J.A. 

Esse texto faz parte de uma cronica de Rubem Alves , sobre um homem que encontrou uma garrafa na qual vivia um gênio que tinha o poder para realizar todos os seus sonhos. Por aquele gênio ele seria levado ao lugar onde todos os
 nossos sonhos são realizados. O gênio saiu da garrafa onde estivera adormecido e lhe disse: 

"Tenho o poder de transformar em

  realidade todos os seus sonhos, sem nenhum limite. É só você me contar o seu sonho, e ele acontecerá."


O homem começou então a pensar nas coisas maravilhosas que iria pedir: um corpo jovem, sem dores ou doenças, cheio de beleza, energia, casas nos lugares mais lindos das montanhas e das praias, com jardins exuberantes; cozinhas onde se fariam as mais deliciosas comidas e bebidas; música; livros; amigos; amor… Ah! Ele era um homem refinado, com gosto apurado, e sabia escolher boas e excelentes coisas! Seria um ser humano feliz! E assim os seus olhos iam tranqüilamente passeando pelos seus sonhos, antegozando a felicidade ilimitada que iria gozar dentro de alguns momentos.


Foi quando o gênio lhe disse: "Há apenas um detalhe que me esqueci de mencionar, porque acho que é irrelevante. Tudo o que você tiver, o seu pior inimigo vai ter em dobro…" Foi o gênio falar e aconteceu com os olhos do homem aquilo que escrevemos (…): eles, que até então descansavam nas coisas que iriam fazê-lo feliz além de tudo o que imaginara, começaram a olhar para as coisas que seu inimigo iria ter. E quando voltaram de novo para suas próprias coisas, aquelas mesmas que, apenas um momento antes, o haviam feito o homem mais feliz do mundo, descobriu que todas elas, neste segundo em que seu olhar dançara, haviam apodrecido. A inveja é um verme que faz apodrecer o fruto delicioso que estávamos para comer. A inveja nos deixa de mãos vazias. É importante que se entenda logo para se compreender o fim da estória:
"Já sei o que quero pedir", disse o homem ao gênio, depois de longa meditação.
"Pois faça o seu pedido", disse o gênio.

"Me fure um olho…"


*Rubem Alves*

 
*****************************************


"Ciúme é querer manter o que se tem; 
Cobiça é querer o que não se tem; 
Inveja é não querer que o outro tenha. 

inveja é um vírus que se caracteriza pela ausência de sintomas aparentes. 

O ódio espuma. 

A preguiça se derrama. 

A gula engorda.

 A avareza acumula.

 A luxúria se oferece. 

O orgulho brilha. 

Só a inveja se esconde. 


Como adverte a emergente Vera Loyola:

 ‘O verdadeiro amigo não é o solidário na desgraça, mas o que suporta o seu sucesso". 

*Zuenir Ventura in Mal Secreto*


E a pobre da Regina - USA- esta muito doente da alma! Tadinha :)