sábado, 16 de maio de 2009

Sutra de Lótus - Capítulo sobre Kuan yin



Namaste!


Esta é a famosa e magnífica descrição dos milagrosos poderes de Kuan Yin, é o vigésimo quinto capítulo do Sutra de Lótus, o P'u Mên, como é conhecido, e é recitado muitas vezes, todos os dias por seus devotos budistas. Eu o tenho dos ensinamentos da Yoga da Compaixão sem nome do autor dessa versão traduzida, por isso não há citação de autoria. Devemos ao menos ler de vez em quando essa maravilhosa alternativa para preenchermos nossos corpos de Amor .


É uma complementação do Sutra do Coração.


Se você recitar esse trecho em momentos de aflição sentirá imediatamente o alívio da angústia e a certeza de que  Budha Kuan Yin estará protegendo e auxiliando  na eliminação do sofrimento. Faça a recitação com fé...com a alma e coração totalmente receptivos...repita quantas vezes sentir necessidade, faça como prática diária antes de iniciar os afazeres de seu dia...é um excelente refúgio para a alma...é uma bênção de amor de Kuan Yin.


Namo Kuan Shih Yin Pu Sa


Rose Colaneri




"Namo Budhaya, Namo Dharmaya, Namo Sanghaya"


Nobre Soberano do Mundo Perfeito,
Rogo-lhe que agora manifeste
O motivo de ser chamada Kuan Shih Yin
Esta sagrada Bodhisatva
A isto o Ser Perfeito replicou
Proferindo esta canção:

* * *
Os ecos de seus feitos sagrados Ressoam pelo mundo todo
Tão vastos e profundos os seus votos
Quando, após incontáveis eternidades
A serviço de multidões de Perfeitos,
Ela anunciou seu puro desejo(De libertar os seres aflitos).
* * *
Agora ouça atentamente o que aconteceu:
Ouvir o seu nome ou ver a sua forma,
Ou recitar fervorosamente o seu nome,
Liberta os seres de toda aflição.

* * *
Se para o interior de uma fornalha ardente
Você fosse empurrado para morrer;
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
Transformaria em água as chamas!

* * *

Se você estivesse sem rumo sobre o mar,
Com dragões e demônios à sua volta;
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
Pouparia você das ondas famintas!

* * *

Suponha que algum inimigo o empurrasse
Para baixo do Monte Sumeru;
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
E, como o sol, você pairaria no espaço.

* * *

Fosse você perseguido por homens maus
E esmagado contra a Montanha de Ferro:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
E nem um fio de seu cabelo seria magoado

* * *

Se você estivesse em meio a um bando de ladrões
Com facas cruéis erguidas para matar:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
E a piedade conteria os seus golpes

* * *

Suponha que o Rei esteja irado com você,
A espada do capataz erguida para ferir:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
Partiria a espada em pedaços.

* * *

Estivesse você confinado pelos muros de uma prisão,
Pulsos e tornozelos presos por correntes:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
Instantaneamente provocaria alívio.

* * *

Se você absorvesse um gole fatal
E agora estivesse a ponto de morrer:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
Anularia o efeito do veneno.

* * *

Se você fosse cercado por maus espíritos raksa,
Dragões perniciosos, ou a algaravia dos demônios:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
E ninguém ousaria ofendê-lo.

* * *

Se bestas selvagens o pressionassem
Com presas medonhas, garras ferozes:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
Fá-las-ia correr desnorteadas.

* * *

Se serpentes cruzassem o seu caminho
Exalando fumaça nociva e chamas:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
Fá-las-ia desaparecer tão rápido como o som.

* * *

Se o trovão ribombasse e o raio faiscasse,
Ou chuvas terríveis caíssem sibilando:
Um pensamento sobre o poder protetor de Kuan Yin
Imediatamente aquietara a tempestade.

* * *

Embora os seres oprimidos por aflições cármicas
Suportem inumeráveis sofrimentos:
A milagrosa percepção de Kuan Yin
Capacita-a a expiá-los, todos.

* * *
Imbuída de poder sobrenatural
E sábia na utilização dos recursos:
Em cada canto do mundo
Ela manifesta suas incontáveis formas.

* * *

Sejam quais forem as nuvens negras acumuladas,
Os demônios gerados no inferno, as bestas selvagens:
Os males do nascimento, idade, doença, morte,
Kuan Yin os destruirá, um a um.

* * *

Verdadeira Kuan Yin! Pura Kuan Yin!
Imensuravelmente sábia Kuan Yin !
Misericordiosa e cheia de piedade,
Sempre esperada e venerada!

* * *

Ó Esplendor imaculado e radiante!
Ó Sol da Sabedoria que afasta as trevas!
Ó Vencedora da tempestade e das chamas!
Sua glória ocupa o mundo!

* * *

Sua piedade é um escudo contra o raio,
Sua compaixão forma uma nuvem magnífica
Que, enviando o néctar do Dharma em forma de chuva,
Extingue as chamas do infortúnio.

* * *

Àqueles enredados no litígio
Ou que tremem no meio de multidões,
Ali irá o pensamento do poder de Kuan Yin
E todo o ódio será dispersado.

* * *

O som misterioso do nome de Kuan Yin
É sagrado como o estrondo do oceano:
Sem par, no mundo!
Portanto, devemos dizê-lo sempre.

* * *
Recorra a ele, nunca duvide,
Kuan Shih Yin: som puro e sagrado;
Para os que se encontram tomados de pânico,
É um apoio que nunca vacila.

* * *

À perfeição de seus méritos,
À compaixão de seu olhar,
À infinitude de suas bênçãos,
Com adoração, curvamos nossas cabeças!

* * *

Copie com amor, preserve o nome do autor.Leis dos direitos autorais 9610/98 violá-la é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal Brasileiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário